Exhibitions

Mareike Lee | Waves: from me to you

from the 29th of October to the 28th of November of 2015 Mareike Lee, 1979, Toronto, Canada. Lives an works in  Berlim.   www.mareikelee.com www.parkhausprojectsberlin.de       Opening Video by Arte Institute, November 2015

Márcia Bellotti e Luiza Porto | Correspondência arbitrária das cores

29 de Outubro a 28 de Novembro, 2015 Declaração de Márcia Bellotti: Desde 2014, meu trabalho sobre sexualidade com voluntários me levou a uma problemática comum: o cerceamento das liberdades individuais, sobretudo a partir do período da infância. A construção das identidades ocorre mediante repressões e obstruções em um lento processo que começa antes mesmo […]

Yuga Hatta | Do not worry it is safe in the stone house

17 de Setembro a 17 de Outubro “O trabalho de Yuga Hatta flutua entre uma sensibilidade etérea de um papel muito fino que quer ser nuvem e um pensamento profundo que não ignora a espuma dos dias, porque é dessa espuma que é feito o oceano onde pretende mergulhar, sentindo o desconhecido. “ Manuel Furtado, […]

Eve Contreras Verdugo | Portuñol

13 de Agosto a 13 de Setembro Declaração da artista: Ser uma coleccionadora obsessiva levou-me a descobrir que existem infinitos detalhes ubíquos que permitem que um olhar sensível detecte a beleza das coisas simples em todos os lugares. Foi graças a esta obsessão que desenvolvi a paixão por capturar imagens e guardá-las. Através de uma […]

MUTE l ano (colectiva)

from the 2nd of July to the 9th of August 2015 Yuga Hatta Miguel Bonneville Filipa Reis Simão Costa Jorge Leal Ramón Peralta Pedro Almeida Rodrigo Tavarela Peixoto Esta mostra integra todos os artistas que expuseram connosco no ano galerístico que agora termina. Existem dois tipos de trabalho em exposição: as obras doadas pelos artistas […]

Texto de Pedro M. Arrifano sobre “CONSTRUCTO”

Construções e dispersões figurativas   O prazer no absurdo. — Como pode o homem ter prazer no absurdo? Onde quer que haja risos no mundo, isto acontece; pode-se mesmo dizer que, em quase toda parte onde existe felicidade, existe o prazer no absurdo. A inversão da experiência em seu contrário, do que tem finalidade no […]

Texto de Manuel Furtado sobre “PHARMA COMICS”

Super-dominados pela divina propaganda   As fragilidades fisiológicas e psicológicas levam-nos a sonhar com super-heróis, seres que são versões impossivelmente poderosas de nós próprios. Usamos essas projecções mentais para nos convencermos de que somos capazes de superar todas as dificuldades e é por isso que na cultura pop as veneramos. Estas personagens são então símbolos […]