Sobre nós

MUTE é uma plataforma de Arte Contemporânea sediada na zona do Príncipe Real (Lisboa) dirigida por Manuel Furtado com o apoio de Zica Viana, que tem por missão democratizar o acesso à Arte Contemporânea. Durante os primeiros três anos, celebrados em Setembro de 2017, o projecto dinamizou exposições mensais, sem interrupções, já tendo apresentado até esse momento mais de 50 artistas, promovido e produzido vários concertos de música contemporânea, múltiplas tertúlias temáticas, performances e lançamentos de livros. Igualmente relevante foi a organização de nove residências de artistas de países tão diversos como Chile, Brasil, Estados Unidos da América, Polónia, França, Escócia, Canadá e Alemanha. Foi assim que promovemos relações de partilha entre artistas nacionais e internacionais, mas pretendemos acima de tudo criar cada vez mais uma comunidade vibrante de partilha de pensamentos e vivências dentro do mundo da Arte e tudo o que se relaciona com ele. Em Fevereiro de 2017 iniciámos o nosso projecto pedagógico tendo já realizado alguns cursos teóricos.

 

Horário: das 15:30 às 19:30 de Quarta-feira a Sábado (excepto feriados) 

 


 

Director:

Manuel Furtado 

Vive e trabalha em Lisboa.
Iniciou o projecto MUTE, tendo definido a programação, concebido o próprio espaço físico e criado os objectivos desta plataforma de arte contemporânea. Mestrado em Instalação pela Central Saint Martins School of Arts (2007) e licenciatura com distinção em Escultura pela Coventry University (2005).
Investiga, ensina e expõe em Portugal e Inglaterra desde 2003 na área da escultura, instalação, fotografia e pintura. Tem trabalho em colecções privadas em Portugal, Inglaterra, Austrália, Alemanha e 3 colecções públicas em Inglaterra. Trabalhou com a Galeria Edge-Arts e com a Galeria Sopro entre 2008 e 2014. Ensinou cursos práticos e teóricos de artes visuais na Escola Arte Ilimitada entre 2009 e 2016. Curador de múltiplas exposições e eventos na MUTE, leccionou na Summer School de Arte e Ciência da Universidade de Massachusetts no Alentejo, organizado por Cultivamos Cultura (2017), executou várias encomendas de grandes dimensões de 2005 a 2017 e está a programar com outros dois curadores o FACTT (Festival de Arte e Ciência) a realizar em Setembro de 2017 no MAAT (Lisboa), Nova York e Cidade do México. Estudou medicina durante 2 anos na Faculdade de Medicina de Lisboa e frequentou o 3º ano no curso de Engenharia Biológica Instituto Superior Técnico.

 


 

Fundadora e Mecenas

Zica Viana

Vive e trabalha em Oeiras (n.1954, Lisboa) é activista no movimento associativo ligado à cidadania, designer de interiores, mãe de família, coleccionadora de arte contemporânea e mecenas das artes. Formou-se em design de interiores em 1973 pelo IADE.

Trabalhou na Blanchard portuguesa durante um ano. Desenvolveu múltiplos projectos como freelancer no âmbito do design de interiores e de peças únicas de mobiliário. Colaborou com uma produtora de televisão nos decors de séries de 1989 a 1990. Presidente de associações de pais e da Civitas de Oeiras de 1987 até 2017. Foi sócia fundadora da Arte Contempo e do projecto MUTE da qual é única mecenas até ao momento presente.

 


Assistente de galeria:

Nerea Lores Acuña

É da Galiza. Vive e trabalha em Lisboa.
Licenciada em
História da Arte pela Universidade de Santiago de Compostela (2006-2012), estudou as especialidades de Arte Contemporânea e História da Música. Após um ano de estudos no curso de Belas Artes, completou um mestrado em Arte, Museus e Gestão do Património Histórico da Universidade Pablo Olavide em Sevilla (2013-2014). No mesmo ano começa Arte Contemporânea: criação e pesquisa (2014-2016), mestrado da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Vigo e obtém uma bolsa de trabalho no arquivo gráfico do Museu de Pontevedra. Durante esses anos de formação teórica, faz estágios practicos em várias fundações e museus como a Fundação-Museu Eugenio Granell, a Fundação RAC, FIC Bueu (Festival Internacional de Curtas-metragens) ou MARCO (Museu de Arte Contemporânea de Vigo). Além de participar em várias exposições, recebe o primeiro prémio Novos Valores da Câmara Municipal de Pontevedra em 2015 e é curadora da exposição ▁ ▂ ▁ ▆ ▂ ▆ ▇ ▉▆ ▉▉▂ ▁ em 2016.


 

Assistente de galeria:

Simona Loghin

Natural de Falticeni (Roménia) . Vive e trabalha em Lisboa.

Licenciada em Comunicação e Publicidade pela Universidade de Babes-Bolyai, Cluj-Napoca, Roménia, terminou o  seu Mestrado na mesma área na Escola Nacional de Ciências Políticas e Administrativas de Bucareste em 2017. Através do conhecimento complexo que adquiriu durante este período, começou a ver a publicidade como um campo artístico e por isso decidiu trabalhar em projectos relacionados com Arte. Trabalhou como copywriter explorando a conexão entre imagem e palavra que é normalmente enfatizada em outdoors. Habitou-se a trabalhar em equipa em projectos de criação de imagem em suporte digital, e colaborando com diretores de arte que lhe davam feedback constante. A sua paixão pela arte foi despertada também através da sua participação em mostras de arte contemporânea, normalmente de pintura, escultura ou teatro. Nesse âmbito começou a usar fotografia como uma forma de expressão  artística. Durante os seus estudos e o seu primeiro ano de trabalho, desenvolveu uma grande sensibilidade para o detalhe e um desejo de se envolver no mundo da Arte contemporânea.

 

 


 

Parcerias:

bairro