de 29 de Junho a 28 de Julho

 

       Meu desejo maior é o encontro com o desconhecido, com o anônimo, com aquilo que está distante ou é secreto. Para alcançar tais encontros proponho anúncios públicos através dos quais busco indivíduos que desejem expor suas próprias histórias e experiências.

       Minha intenção é utilizar diversos suportes artísticos para provocar reflexões sobre as estruturas éticas e estéticas da normatividade, os modelos nos quais fomos criados, nossa cultura (ocidental contemporânea) e os limites impostos sobre nós ao longo da história. Meus projetos são fundamentados em uma profunda troca entre eu, artista, e o indivíduo comum, seus desejos e vulnerabilidades.

       Ensaios sobre a Intimidade é o resultado de uma intensa pesquisa sobre a intimidade do indivíduo português, iniciada em 2015, cujas experiências se transformaram em base para criações poético-visuais. O estímulo primário para a pesquisa foi a busca por construções de relação de afeto e intimidade com a comunidade portuguesa. A dificuldade para a criação desses vínculos se transformou em material reflexivo, ponto de partida para a produção artística aqui apresentada. Conservadorismo, distanciamento físico e conflitos socioculturais transformam-se em matéria poética para o desenvolvimento de uma obra multidisciplinar formada por peças únicas (esculturas, objetos, vídeo, têxteis), séries fotográficas e instalações.

Márcia Bellotti

 

 

         Agradecimentos:

         Ana Ventura Miranda, Arte Institute, Cláudia Rita Oliveira, Diego Paleólogo, FIM Coletivo, José Antunes, Magnética Magazine, Manuel Furtado, Marina Os, Pestana Cidadela Art District, Rex Timur, Ricardo Rabelo, S.A. Marionetas.

 


 

         Biografia de Márcia Bellotti

         Através de diversas técnicas como fotografia, videoarte e artes plásticas, o trabalho da artista visual Márcia Bellotti propõe questionamentos sobre género na cultura ocidental contemporânea, limites impostos ao longo da história e a domesticação binária dos corpos e experiências. A artista é pós-graduada em Artes Visuais, frequentou a Escola de Cinema Darcy Ribeiro e complementou a sua formação na Escola de Artes Visuais do Parque Lage.  Atualmente, Márcia Bellotti vive e trabalha em Lisboa.

         Exposições incluem: A Correspondência Arbitrária das Cores, Galeria MUTE (Lisboa); I Mostra de Imagem em Movimento, Casa França-Brasil (RJ); O Que Vem com a Aurora, Galeria Casa Triângulo (SP); Seita – Zero Absoluto (RJ); Bienal de Arte Experimental de Alcobaça.

         Prémios: “Panorama Internacional de Design – Safety Nest”, Centro Cultural dos Correios, RJ; “Um Minuto para Lady Elizeth”, Prémio Festival Claro Curtas; “Vermelho” Melhor Curta Fargo-Moorhead LGBT Film Festival, USA

 


 

         Biografia de Luiza Porto

         Luiza Porto é uma artista visual multidisciplinar, com conhecimento nas áreas do cinema, animação, ilustração e que de momento se especializa em arte têxtil contemporâneo. Vive e trabalha em Lisboa onde desenvolve projetos em colaboração com a artista visual Márcia Bellotti que orbitam entre o vídeo, a fotografia, a escultura, objetos sonoros e peças têxteis. Estudou Arte Sonora no Parque Lage, frequentou a Escola de Cinema da Estácio de Sá, Edição e Montagem na Darcy Ribeiro e música na Escola de Música Villa-Lobos.

         Exposições incluem: A Correspondência Arbitrária das Cores, Galeria MUTE (Lisboa); I Mostra de Imagem em Movimento, Casa França-Brasil (RJ); O Que Vem com a Aurora, Galeria Casa Triângulo (SP); Ocupação Arte Sonora no Castelinho do Flamengo (RJ); Happening Arte Sonora no Parque Lage (RJ); Bienal de Arte Experimental de Alcobaça.

 


 

         Residências artísticas de ambas as artistas:

         Arte Institute, Lisboa; Open Studio Cidadela Art District, Cascais; Fundação Bienal de Cerveira, Vila Nova de Cerveira.